Aluna de Direito desenvolve TCC sobre prisão perpétua e recebe feedback de autor nacionalmente reconhecido

Aluna de Direito desenvolve TCC sobre prisão perpétua e recebe feedback de autor nacionalmente reconhecido

Dircilene Martins destacou relevância do momento para sua formação acadêmica
Direito | 30/07/2020
Compartilhe :

O que poderia ser mais um Trabalho de Conclusão de Curso se transformou numa experiência única na vida acadêmica da aluna do curso de Direito do Florence Dircilene Martins. A estudante desenvolveu o seu Trabalho de Conclusão de Curso sobre o Tribunal Penal Internacional e a (im)possibilidade de prisão perpétua no Brasil e teve como doutrinador principal do seu projeto o Dr. Valério Mazzuoli, que lhe deu um feedback digital sobre o seu trabalho.

O tema trabalhado por Dircilene em seu TCC foi “O Tribunal Penal Internacional e a (Im) Possibilidade de Prisão Perpétua do Brasil: critérios principiológicos de solução do conflito aparente de normas entre o art. 5°, XLVII, b da Constituição Federal e art. 77, b do Estatuto de Roma do tribunal penal internacional”. Para ela, o segredo de desenvolver um bom TCC está no tema. “O segredo está em escolher um tema que te deixe confortável para desenvolver e uma disciplina com a qual você se identifique. Assim, o trabalho flui e você desenvolve um assunto dentro da disciplina que você ama. Simplesmente isso”, afirmou.

Segundo Dircilene, o grande diferencial do seu trabalho foi o uso da obra do professor Mazzuoli. “Apesar de ter utilizado obras de outros doutrinadores, a obra do prof. Mazzuoli fez todo o diferencial para o desenvolvimento do meu Trabalho de Conclusão de Curso (TCC). Além da participação do meu orientador, o Prof. Me. Miguel Ribeiro Pereira, que foi essencial para a conclusão desse trabalho. Ele me orientou com acuidade, dando-me forças, pois teve momento que pensei que não iria dar conta por tudo que estava acontecendo e ainda estamos vivendo”, desabafou.

Depois de meses de trabalho árduo, Dircilene desenvolveu seu trabalho, que, ao final, recebeu um feedback do doutrinador utilizado para basear seu Trabalho de Conclusão de Curso. “Após o término da minha apresentação, entrei em contato com ele nas redes sociais e disse que eu havia tirado nota máxima por ter utilizado uma obra tão rica em detalhes sobre o assunto. Então, ele me parabenizou e agradeceu por eu o haver escolhido como doutrinador principal para a conclusão do meu TCC. Eu quase não acreditei! Em uma noite só eu tirei a nota máxima e de bônus ainda fui parabenizada pelo doutrinador citado em meu trabalho! Pura felicidade! Esse feedback do prof. Mazzuoli apenas aguçou a minha paixão em ser advogada internacionalista e aspirante à carreira diplomática”, completou.

 

Experiência no Florence

Para Dircilene, a nota máxima no TCC apenas coroou uma trajetória de muita dedicação ao longo dos últimos anos. Ela revelou que percebeu o diferencial da Instituição logo no primeiro contato. “Senti-me bem acolhida e muito entusiasmada por ingressar nessa Instituição. Eu cheguei, no meio do curso, a pensar em desistir, porque eu não estava sabendo conciliar trabalho e vida acadêmica, mas no 10º período acabei desistindo e trancando devido a um longo período de depressão. Nesse período, descobri que a instituição não era apenas um CNPJ, mas uma Instituição humana, que se preocupa não somente em formar o aluno para o mercado de trabalho, mas também de cuidar do aluno no momento mais difícil de sua vida. Eu fui recebida de volta com muito carinho e hoje às vezes me pego pensando… Seu eu tivesse em outra Instituição eu teria continuado?”, questionou.

A estudante finalizou agradecendo todo o apoio da Instituição para sua formação acadêmica e pessoal. “Agradeço em primeiro lugar a Deus, aos professores, a todos que estavam torcendo pela minha superação, em especial Joseana Pinto, que foi e continua sendo uma pessoa ímpar em minha vida. Todo esse apoio cooperou para que hoje eu tivesse aqui e pudesse desfrutar desse momento único e dizer: tenho ORGULHO DE SER FLORENCE”, completou.

 

 

Notícias Relacionadas

SIGA A FLORENCE NO INSTAGRAM