Docente da Florence fala sobre a expansão do mercado pet no Brasil

Docente da Florence fala sobre a expansão do mercado pet no Brasil

País se tornou o segundo maior mercado de produtos pet, com 6,4% de participação global
Medicina Veterinária | 23/11/2020
Compartilhe :

De acordo com o levantamento da Euromonitor International, empresa especializada em pesquisa de mercado, o Brasil se tornou o segundo maior mercado de produtos pet, com 6,4% de participação global, pela primeira vez acima do Reino Unido (6,1%). O país perde apenas para os Estados Unidos, que têm 50% do mercado. O faturamento total do segmento, que inclui indústria e varejo, foi de R$ 35,4 bilhões até o terceiro trimestre de 2019. Houve um crescimento de 3% sobre o ano anterior inteiro, que registrou R$ 34,4 bilhões, segundo o Instituto Pet Brasil. No PIB, o produto interno bruto do país, isso já se traduz em uma fatia de 0,36%, superior aos segmentos de utilidades domésticas e de automação industrial, segundo a Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação (Abinpet).

Ronielle Sousa, coordenador do curso de Medicina Veterinária da Florence, explica que grande parte da sociedade tem o animal de estimação como membro da família e se preocupa com a saúde do pet. Isso auxilia que eles sejam mais bem assistidos pelos seus donos e a procura pelo médico veterinário se torna essencial.

“No mercado pet, o médico veterinário consegue atuar principalmente pelas especialidades, permitindo-o se destacar no mercado. Dentre elas, podemos destacar: Cardiologia Veterinária, Dermatologia Veterinária, diagnóstico por imagem, acupuntura, oftalmologia veterinária, ortopedia, cirurgião de pequenos, grandes animais etc.”, explicou.

A expansão deste segmento demanda mão de obra especializada para atuar no atendimento clínico dos animais. Segundo o coordenador da Florence, a Instituição oferece conteúdo completo e atualizado voltado para o cuidado com animais de pequeno porte, estimulando o acadêmico a investir no próprio negócio após a graduação.

“Desde a graduação, o acadêmico tem as orientações necessárias, além das disciplinas que irão cursar e favorecer o seu entendimento sobre o assunto. Dentre as disciplinas podemos citar Administração e Planejamento, na qual o acadêmico consegue observar a possibilidade de ser dono do seu próprio negócio, favorecendo o direcionamento da sua formação acadêmica para a área de interesse”, detalhou.

Estude Medicina Veterinária na Florence

Estão abertas as inscrições para o Processo Seletivo 2021.1 da Florence! Os interessados em ingressar no curso de Medicina Veterinária contarão com um ensino de excelência, destaque em toda a região, além do benefício da 1ª mensalidade a R$ 49, e podem ganhar uma bolsa de mérito acadêmico de até 80%*.

Na Florence, o aluno já inicia o curso com aulas práticas desde os primeiros períodos, em laboratórios muito bem equipados. “Aqui o aluno encontra um curso de Medicina Veterinária completo, que o impulsiona para uma carreira com vasta área de atuação, como saúde única, vigilância sanitária, bem-estar animal, produção, inspeção e tecnologia de produtos de origem animal, clínica e cirurgia de animais de pequeno e grande porte, agronegócio, áreas emergentes e outras”, enfatizou o professor Ronielle Sousa, coordenador do curso.

Para capacitar os alunos em todas essas áreas, o curso de Medicina Veterinária da Florence desenvolve competências técnico-científicas em uma postura ética, que preza pelo exercício da profissão em todos os seus campos de atuação, inclusive incentivando a parte de pesquisa e empreendedorismo.

Ficou interessado? Ainda dá tempo de participar do vestibular 2021.1. Inscreva-se agora.

*Consulte condições no site.P

Notícias Relacionadas

SIGA A FLORENCE NO INSTAGRAM